O patinho feio dentro do seu guarda-roupa

June 10, 2019

Hoje vim aqui falar do patinho feio que está guardado lá dentro do seu guarda-roupa. Isso, aquela peça que você comprou uma vez e não conseguiu mais usar. Ou talvez tenha usado uma vez e nunca mais colocou sem entender direito o porquê.

 

Existem inúmeros motivos para explicar a razão de uma peça ficar parada no guarda-roupa e nos próximos posts vou me aprofundar mais nisso. Mas o que queria pensar junto contigo nesse começo de semana é que, talvez, aquele blazer marrom parado no seu armário nunca mais abraçou seu corpinho porque ele simplesmente não é da sua cor.

 

A gente já viveu alguns anos e já testou muita coisa. E você, a essa altura, já sabe o que é que não funciona para você de jeito algum. Então - no fundo do armário - fica o blazer marrom, a blusa de paetê dourada, a camisa vermelha, o xale vinho. Essa turma fica toda jogada num canto esperando o belo dia em que você finalmente vai resolver dar mais uma chance ao amor. Mas o problema é que esse dia nunca chega. E por que não chega? Porque a empolgação na hora de comprar foi enorme e você não pensou duas vezes. Aí você tentou usar, mas algo ali não funcionou e você encostou aquela peça.

 

 

 

Já pincelei nos dois outros posts anteriores (aqui e aqui) como as cores podem ser uma porta de entrada para se ter um guarda-roupas em que você usa a maior parte das peças. Porque, afinal, se você ama tudo o que tem dentro dele (seja por critério de cor ou caimento) por que não usar absolutamente tudo? Quando há dúvidas com relação à peças que temos no armário, entender que talvez ali tenham roupas de cores que não harmonizam com a gente pode ser um caminho para finalmente gritarmos “eureka!”.

 

Sempre tive um impasse grande com marrom. Mas quantas vezes escutei vendedora da loja falando: “ah, leva marrom que é curinga, vai com tudo”. Não, gente. “Vai com tudo”, para mim, é entrar de cabeça em algo que acredito. Então aqui quero te munir de um pouco de conhecimento para que você não caia mais nessa armadilha de que tem cor que serve para todo mundo porque não é bem assim.

 

Muita gente tem me perguntado o que é a tal cartela de cor. A cartela de cor é o resultado de um processo lindo chamado análise coloração pessoal. Imagina assim: a gente pega esse seu rostinho bonito, “derrete” ele e o que fica dentro do potinho tem um tom. E nesse potinho podemos ter dois tipos de tons como resultado: o rosado e o amarelado. Se o seu for amarelado, você tem o que chamamos de subtom de pele quente e se potinho estiver puxando mais para o rosado você tem um subtom de pele frio. A partir daí é possível encontrar qual das quatro cartelas de cor existentes melhor harmonizam com a sua beleza: primavera, verão, outono ou inverno. Cada uma dessas cartelas tem duas características principais e quando chegamos ao resultado é possível te ensinar exatamente como a sua cartela funciona e quais são essas características. E saber como esse sistema de cores funciona em conjunto contigo te ajudará a fazer escolhas mais certeiras para a cor do cabelo, para o batom, para comprar aquela blusinha que você viu na liquidação e, também, para você finalmente entender porque certas roupas no seu guarda-roupa simplesmente não descem.

 

Então se você ficou curiosa para saber mais sobre a análise de coloração pessoal, queria te lembrar que no próximo dia 13/06 a gente vai fazer um evento presencial em São Paulo onde você poderá sair muito feliz com sua cartela de cores nas mãos. Clique aqui para se inscrever!

 

Se você não está em São Paulo ou está e não pode ir, escreva para gente e faça virtualmente o Cores para Você, vai ser uma delícia te conhecer na telinha!

 

Para terminar, gostaria de voltar ao meu caso já bem resolvido com o marrom e explicar porque a gente nunca se bicou. Meu subtom de pele é rosado e minha cartela (inverno) é fria. E como a cor mais terrosa do universo é quentinha, a gente nunca se apaixonou porque o que eu preciso é das cores geladinhas :)

 

Tenho certeza que, depois de descobrir qual é sua cartela de cores, você passará a enxergar seu closet muito mais como um cisne branco do que qualquer outra coisa. E aí, é claro, volta aqui para contar como se sentiu e trocar com a gente!

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes

November 1, 2019

October 11, 2019

October 4, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags