Roupa de baixo?

September 18, 2017

Lingerie, até bem pouco tempo atrás, era uma coisa bem esquisita: ou era (só) pra seduzir ou era confortável.

 

 

 

Não tinha meio termo: ou era boa de se usar no dia a dia ou era insuportavelmente desconfortável.

 

O que dava pra usar num dia de trabalho, que envolve andar, usar transporte público, abaixar, levantar, ficar muito tempo sentada (ou muito tempo em pé) era feio de doer. E o que era bonito era praticamente "inusável" (essa palavra existe? rsrsrsrs).

 

(Só fazendo aqui uma observação: conceitos de feio e bonito absolutamente restritos à opinião pessoal - e intransferível - de quem escreve esse post, no caso, Carol. Ou seja, nada de se deixar levar pelo o que EU acho bonito para EU usar, combinado?)

 

E, graças ao movimento feminista (sim, uma coisa tem TUDO a ver com a outra), hoje temos opções que transitam entre os extremos "lingerie da vovó de 1945" e "look do sex shop".

 

Fora isso, tá tudo bem se você curtir um desses extremos - afinal, se você gosta, tem mais é que usar. Aparentemente, a pressão pra estar sempre pronta pra uma noite """daquelas""" está um pouco mais leve atualmente. Ainda bem!

 

Enfim, parênteses à parte, hoje em dia tem muita coisa bonita, confortável (e, por que não?) sexy ao mesmo tempo, o que facilita muito a nossa vida na hora de se vestir.

 

Por exemplo: não gosta de lingerie bege mas quer usar uma peça que é ligeiramente transparente? Dependendo do seu tom de pele, o chocolate ou os tons rosados podem resolver a questão.

 

Outra situação: vai usar uma blusa bem cavada mas não quer ficar sexy demais? Um top fechadinho e sem muita informação te deixa confortável na medida.

 

Ou ainda: vai usar uma camisa de alfaiataria mas quer dar uma animada no look? Usar um top/sutiã que não precisa aparecer, mas que tenha as alças "aparecidas" (o famoso "strappy bra") dá esse toque mais sensual sem mostrar nada além do que você gostaria.

 

 

A verdade é que a lingerie não só pode ser um bom recurso de styling (a meia-calça é um belo exemplo de como uma peça de lingerie pode mudar a cara de um look) como também é a primeira coisa que você coloca e a última que você tira. Ou seja, nada mais saudável do que começar a escolher o que você veste e aí incluir a lingerie, que te abraça o dia todo e, se mal escolhida, pode acabar com o seu dia (se alguém aí nunca usou um sutiã ou uma calcinha apertada não sabe o desespero que é, rs).

 

 

Então, quando for escolher seu look, fazer compras ou detox do guarda-roupa, considere também a sua lingerie. A gente garante que você não vai se arrepender! <3

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes

April 26, 2020

Please reload

Arquivo