Mulher de calça!

July 4, 2017

Se tem uma peça que é funcional e confortável nessa vida são as calças. Não é a toa que a gente as ama e que fizemos o maior auê para podermos usá-las sem ninguém ficar no nosso pé - só conquistamos o "direito" de usar calças fora do ambiente esportivo em meados do século passado e faz bem pouco tempo (coisa de uns 15 anos) que caiu uma lei (super nada a ver, por sinal) que obrigava as mulheres a frequentar fóruns e tribunais brasileiros de saias - por mais absurdo que isso possa aparecer...

 

E como a gente sempre diz que não é só uma peça que faz o look (já que ninguém sai só de calça de casa, não é mesmo?????) a gente tá aqui hoje pra te provar que dá sim pra usar calças em TODOS os ambientes e ainda assim estar linda, feminina, elegante e super adequada.

 

Quer ver?

 

Pro ambiente de trabalho formal:

 

No ambiente de trabalho mais formal (como escritórios de advocacia, bancos e algumas empresas mais tradicionais) não dá pra ousar muito, pois esses ambientes prezam muito pela previsibilidade e pelo conforto visual. Então, melhor ficar nas peças de corte clássico e nas cores neutras.

 

Se quiser fazer uma ousadia, pegue leve: equilibre cores fortes em pequenas doses, ou caimentos mais moderninhos devem vir acompanhados de fluidez e cores calminhas, pra não chocar os coleguinhas...

 

 

 

 

Pro ambiente de trabalho descontraído:

 

Aqui, apesar de estarmos falando de um ambiente mais informal do que o que falamos lá em cima, ainda estamos falando de um ambiente de trabalho. Por isso, dá pra ousar mais em caimentos e cores, mas lembre-se de que não é dia de folga. O mesmo vale para a ~temida~ casual friday...

 

Então, se quiser usar mix de estampas, vai fundo, mas tenta fazer esse mix em cores mais clássicas (leia-se: neutras). Se quiser usar uma peça coloridona, misture-a com outra mais discretinha, e por aí vai.

 

 

 

 

Pro final de semana relax:

 

No final de semana vale tudo, menos ficar desconfortável ou, pior, desleixada - afinal, que tá aqui com a gente quer mais é estar segura e satisfeita com a própria imagem, certo?

 

O negócios é investir em peças que sejam confortáveis e que tenham alguma graça, como uma cor forte, uma estampa ou até um caimento diferentão, pra dar o toque de mestre do look sem que você tenha que se preocupar muito com isso.

 

Terceiras peças, pontos e cor e acessórios são muito bem vindos pra dar esse acabamento final...

 

 

 

Pra baladinha:

 

Na baladinha queremos estar lindas, seja pra arrasar, seja pra gente mesma, não é mesmo?

 

Normalmente não temos de nos preocupar com regrinhas de dress code, pois o espírito da coisa nesses momentos é usar o que te dá vontade.

 

Então confere aqui várias formas de estar MARAVILHOSA e segura de si na baladinha usando calça:

 

 

 

 

 

Pro festão:

 

Já no festão a gente tem de se atentar a algumas regrinhas... assim como o ambiente de trabalho formal, a previsibilidade é algo importante nesse ambiente. Tudo segue um protocolo - pense em casamentos: a gente sempre sabe como vai ser: entrada da noiva, cerimonia, recepção, jantar/coquetel, pista de dança e fim. Eventualmente até pode variar um pouco, mas fato é que a gente já sabe mais ou menos o que vai encontrar.

 

Por isso que a roupa também segue um protocolo, uma regra - para que a previsibilidade (já esperada) se estenda para todos os campos desse ambiente.

 

E quando falamos de formalidade, não estamos falando que você PRECISA usar vestido longo (a não ser que isso seja uma exigência formal da festa, que venha escrito no convite). Falamos, sim, de usar tecidos nobres (normalmente os planos, que não esticam e tem um caimento que não marca muito as formas do nosso corpo), segurar a mão na quantidade de cores (note que vestidos e looks de festa sempre tem, o máximo, duas cores e normalmente elas são muito próximas), usar acessórios mais delicados (sandálias ao invés de botas, tirinhas ao invés de faixas grossas, bicos finos no lugar de bicos redondos ou quadradões). E lembre-se: salto NÃO é uma obrigação, tá? É super possível estar elegante e formal sem ter de se equilibrar num salto alto. Mas isso já é assunto pra outro post...

 

 

Quem conhece bem a gente e nossa filosofia sabe muito bem que não "tem que ter" nada e que tudo é uma questão de escolha (=estilo pessoal). Mas uma das únicas coisas em que a gente realmente insiste, no entanto, é com relação a altura da barra. Pro look ficar organizado, sempre sempre sempre faça a barra da sua calça já com o sapato com que você vai usar a tal calça, especialmente se estivermos falando daquelas calças cuja graça é exatamente estar quaaaaaase arrastando no chão (como pantalonas e calças flare - aquela que parece meio boca de sino, sabe?). Porque se você fizer a barra com um salto 5 cm e usar a calça com uma salto 10 cm, vai ficar curta demais. E se rolar o contrário, a calça vai arrastar no chão, estragar e você pode até tomar um capote daqueles, tropeçando na bendita.

 

Para quaisquer outras calças - as mais curtas, como pantacourt e capri ou as que você cosegue ajustar a altura, como as retas, skinny, joggers e variações - o salto não é tão importante, pois por você poder mexer na barra sem grandes esforços, tem a opção de usar com ou sem salto :-)

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes

November 22, 2019

November 1, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags