Fashion Revolution Week

April 26, 2017

Estamos na semana da Fashion Revolution. É um período pra questionar como e por quem suas roupas foram feitas - quais as condições de trabalho, se o pagamento foi justo, se não há carga horária abusiva, trabalho infantil, trabalho escravo (ou quase) e etc.

 

É tempo de parar pra pensar e avaliar se você quer mesmo uma camiseta que custa 2 euros (clica aqui pra ver o vídeo que viralizou há tempo e ilustra de forma bem clara o motivo da Fashion Revolution Week existir) ou se você prefere comprar de quem produz e quem quem pode te mostrar como produz.

 

Não vamos demonizar as fast fashion (até porque sabemos que elas, junto com os grandes magazines, são parte da realidade de consumo de boa parte da população), mas queremos plantar a sementinha do questionamento em vocês.

 

Buscar saber como e por quem suas roupas foram feitas é praticar o consumo consciente, é botar lenha na fogueira da discussão saudável, é fazer com que a fast fashion e os grandes magazines passem a repensar a forma de operar.

 

Ou seja, é trabalho de formiguinha, mas é um trabalho fundamental.

 

Por isso, pergunte à sua marca favorita: quem fez as suas roupas?

 

A Catarina Mina é uma marca que preza pela produção e consumo conscientes. Abre os custos de todos os seus produtos e mostra quanto cada artesão ganhou em cada etapa do processo de produção de suas bolsas.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes

November 22, 2019

November 1, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags